BMW Motorrad

Rider Expedition – Atacama

Apesar do Deserto do Atacama ser o nosso destino, a rota que preparamos para chegar até lá e voltar é especial!

 

Nossa expedição terá início em São Paulo, passaremos por Ponta Grossa e chegaremos em Foz do Iguaçu onde entraremos na Argentina – para quem não é de São Paulo, teremos ponto de encontro em Ponta Grossa ou Foz do Iguaçu.

 

Vamos subir até o Dique La Angostura em Tafi del Valle pela RP-307 com suas curvas sinuosas e paisagens incríveis, pilotar pela lendária Ruta 40 até a Quebrada de Cafayate na RN-68 para visitar o Mirador Tres Cruces, El Anfiteatro, Garganta del Diablo e o Dique Cabra Corral. Seguiremos pela Ruta 9 até Tilcara para conhecer o Cerro de 14 Colores na Quebrada de Humahuaca. Subiremos pela fantástica Cuesta de Lipan chegando a 4.170 metros de altitude onde passaremos pela Salinas Grandes, que é o terceiro maior deserto de sal do mundo. Cruzaremos a Cordilheira dos Andes pelo Paso Jama, pilotando por paisagens de tirar o fôlego.

 

Em San Pedro de Atacama iremos passear pela cidade, que mais parece um pequeno vilarejo com suas ruas sem calçamento e construções rústicas, e visitar algumas das principias atrações turísticas da região como o Valle de La Luna, Mirador da Pedra del Coyote, Geisers del Tatio, Laguna Cejar, Oyos del Salar, entre outros. Seguiremos por rodovias que cortam o Deserto do Atacama até chegarmos à lendária Ruta Panamericana, às margens do Oceano Pacífico, com destino à cidade de Antofagasta, onde visitaremos os dois principais cartões postais da região: o La Portada e a famosa Mano del Desierto.

 

Para fecharmos a expedição em grande estilo, retornaremos para a Argentina pelo incrível Paso San Francisco, que é considerada uma das travessias mais bonitas da Cordilheira dos Andes com paisagens surreais ao longo dos seus 470 quilômetros de extensão.

 

• Roteiro único, exclusivo do Rider Experience;

• Oportunidade de criar grandes histórias com a sua própria moto;

• Paisagens maravilhosas;

• Estradas secundárias;

• Duas travessias da Cordilheira dos Andes por pontos diferentes;

• Pilotagem na famosa Ruta Panamericana beirando o Oceano Pacífico.

 

Data: 02/11 a 21/11/2022
Países: Argentina e Chile
Saída e retorno: São Paulo – SP
Distância ida e volta: 8.500 km (aprox.)
Duração: 20 dias
Dificuldade: Intermediário (recomendado para pilotos com garupa)
Terreno: 95 % On Road e 5 % Off Road (terra batida e rípio)


RP-307

Com um visual deslumbrante, a RP-307 conta com curvas sinuosas em diversos trechos atravessando regiões de florestas e passando pelo Monumento El Indio, Dique La Angostura, Quebrada de Los Cardones e Abra Del Infiernillo.

 


RN-68

Esta rodovia passa por um dos trechos mais bonitos da Província de Salta, a Quebrada Cafayate, com pontos turísticos fantásticos como o Mirador Tres Cruces, El Anfiteatro, Garganta Del Diablo e Dique Cabra Corral.

 


Mirador Paleta Del Pintor

A Paleta Del Pintor é uma montanha colorida que serve de pano de fundo para o pequeno povoado de Maimará na Quebrada de Humahuaca, considerada Patrimônio da Humanidade e Natural pela UNESCO por causa de sua beleza e dos pequenos povos que vivem nesta região histórica.

 


Mirador Cerro 14 Colores

Considerada uma das montanhas mais bonitas do mundo! Esta incrível montanha multicolorida possui 14 cores perfeitamente distribuídas horizontalmente ao longo de toda sua extensão. A Serrania de Hornocal, onde está localizado o Cerro 14 Colores, possui 4.760 metros de altitude e suas cores e formas têm uma idade média de 115 milhões de anos, sendo que a parte mais “nova” tem 40 milhões de anos.

 


Salinas Grandes

Localizada às margens da RN-52 na Argentina, é o terceiro maior deserto de sal do mundo com uma área total de 212 km2 e altitude de 3.450 metros acima do nível do mar. O visual desta imensidão de sal forma uma paisagem surreal!

 


Cuesta Del Lipan

Região de montanhas ao longo da rodovia RN-52 com altitude máxima de 4.170 metros que liga Purmamarca até Salinas Grandes. Com um traçado bem sinuoso, o visual da Cuesta Del Lipan é de tirar o folego de qualquer motociclista pela adrenalina durante a pilotagem e paisagens incríveis!

 


Paso Jama

Uma das principais travessias da Cordilheira dos Andes ao norte da Argentina e Chile. Com altitude máxima de 4.200 metros, o visual árido do Paso Jama com suas lagunas altiplânicas e vulcões fazem com que esta região seja uma das mais bonitas do Deserto do Atacama.

 


San Pedro de Atacama

A cidade de San Pedro de Atacama está localizada a 2.408 metros de altitude numa região de planalto da Cordilheira dos Andes no nordeste do Chile. Além do charme da cidade, San Pedro de Atacama está rodeado pelas principais atrações turísticas como vales, desertos, lagos, vulcões, gêiseres e fontes termais.

 


Valle de La Luna

Um paraíso natural localizado em um vale de origem vulcânica. É o local do planeta que mais se assemelha a um vale lunar, possui uma rara beleza e uma grande variedade de espécimes animal e vegetal se comparado com o restante do Deserto do Atacama.

 


Mirador da Pedra Del Coyote

A partir do Mirador da Pedra Del Coyote é possível ter uma vista diferenciada do Valle de La Luna. É um dos locais mais procurados nas imediações de San Pedro de Atacama para assistir ao lindo espetáculo do pôr do sol.

 


Laguna Cejar

Um dos maiores exemplos da diversidade natural desta região. Imagine um lago de água salgada, com profundidade entre 20 e 30 metros em pleno deserto – o mais árido! De tom azul intenso, é quase impossível afundar neste lago que possui 80% de sal em sua composição – o mar tem, em média, 6% de sal. Flutuar na Laguna Cejar em pleno coração do Deserto do Atacama é uma experiência imperdível!

 


Ojos Del Salar

São basicamente duas crateras cheias de água com baixo volume de sal em sua composição. Portanto, só é recomendável mergulhar em suas águas quem souber nadar. Em dias de pouco vento, o espelho d’água formado na superfície dos dois lagos rendem lindas fotos.

 


Geisers Del Tatio

Uma das principais atrações turísticas do Deserto do Atacama. A 4.320 de altitude, os Geisers são formados quando rios quentes subterrâneos entram em contato com rochas geladas gerando colunas de vapor que saem para a superfície através de fissuras na crosta terrestre, alcançando 85ºC de temperatura e 10 metros de altura. É um verdadeiro espetáculo da natureza em seu estado mais bruto!

 


Ruta Panamericana

Uma rede de estradas que liga as Américas de Norte a Sul. Possui mais de 3.300 km de extensão e é formada pela Ruta 5 em sua maior parte, mas também conta com trechos da Ruta 7 e Ruta 1. Iremos percorrer por um trecho da Ruta Panamericana que é marcado pela beleza do contraste do visual árido do Deserto do Atacama com a imensidão do Oceano Pacífico. Sem dúvida esta é uma das regiões mais incríveis da América do Sul para pilotar sua moto!

 


La Portada

O La Portada é um arco natural entre uma imensa região de falésias na costa litorânea do Oceano Pacífico localizado a 18 km ao norte da cidade de Antofagasta. É um dos 15 monumentos naturais incluídos entre as áreas protegidas do Chile e uma das principais atrações turísticas da região de Antofagasta.

 


Mano Del Desierto

Escultura localizada a 75 km ao sul de Antofagasta às margens da Ruta 5 e foi construída pelo escultor chileno Mario Irarrázabal. Desde sua inauguração em 1992, tornou-se uma das atrações turísticas mais visitadas no Deserto do Atacama. Não tem como não registrar uma foto com sua moto em frente à Mano Del Desierto durante esta viagem!

 


Paso San Francisco

Possui altitude máxima de 4.726 metros e 470 km de extensão ligando a cidade de Copiapó no Chile à cidade de Fiambalá na Argentina. As paisagens surreais ao longo desta travessia fazem com que o Paso San Francisco seja uma das travessias mais belas da Cordilheira dos Andes. A mistura entre a adrenalina de pilotar por um trecho de estrada de 110 km de rípio com o visual incrível de montanhas, lagos, picos nevados e vales fazem com que a experiência de cruzar o Paso San Francisco seja única e incrível!

Dia 1: Qua, 02/nov

Início tour: São Paulo – Ponta Grossa (510 km)

 

Dia 2: Qui, 03/nov

Dia de pilotagem: Ponta Grossa – Foz do Iguaçu (550 km)

Briefing com todos os participantes

 

Dia 3: Sex, 04/nov

Dia de pilotagem: Foz do Iguaçu – Resistência (643 km)

Entrada na Argentina

 

Dia 4: Sáb, 05/nov

Dia de pilotagem: Resistência – Termas de Rio Hondo (684 km)

Dia com maior trecho de pilotagem

 

Dia 5: Dom, 06/nov

Dia de pilotagem: Termas de Rio Hondo – Cafayate (269 km )

Pilotagem pela RP 307 – Monumento El Indio, Dique La Angostura, Cuesta de Los Cardones

 

Dia 6: Seg, 07/nov

Dia de pilotagem: Cafayate – Salta (197 km)

Pilotagem pela RN 68 – Ruta 40 – Quebrada Cafayate, Mirador Tres Cruces, El Anfiteatro, Garganta Del Diablo, Dique Cabra Corral

 

Dia 7: Ter, 08/nov

Dia de pilotagem: Salta – Tilcara (175 km)

Pilotagem pela RN 9

 

Dia 8: Qua, 09/nov

Passeios locais: Tilcara – Humahuaca – Tilcara (139 km de moto)

Mirador Cerro 14 Colores (Patrimônio da Humanidade e Natural da UNESCO)

                                              

Dia 9: Qui, 10/nov

Dia de pilotagem: Tilcara – San Pedro de Atacama (436 km)

Cuesta Del Lipan, Salinas Grandes, travessia Paso Jama

 

Dia 10: Sex, 11/nov

Passeios locais: San Pedro de Atacama (360 km)

Valle de La Luna, Mirador da Pedra Del Coyote, Mirador Laguna Miscanti, Mirador Piedras Rojas, Mirador Aguas Calientes, Mirador Laguna Tuyajto

 

Dia 11: Sab, 12/nov

Passeios locais: San Pedro de Atacama

Geisers Del Tatio, Laguna Cejar, Oyos Del Salar

 

Dia 12: Dom, 13/nov

Dia de pilotagem: San Pedro de Atacama – Antofagasta (443 km)

Ruta Panamericana, La Portada

 

Dia 13: Seg, 14/nov

Dia de pilotagem: Antofagasta – Copiapó (571 km)

Ruta Panamericana, Mano Del Desierto

 

Dia 14: Ter, 15/nov

Dia de pilotagem: Copiapó – Tinogasta (529 km)

Paso San Francisco, Laguna Verde.

 

Dia 15: Qua, 16/nov

Dia de pilotagem: Tinogasta – Termas de Rio Hondo (494 km)

Pilotagem pela RN 38 – Mirador da Cuesta Del Portezuelo

 

Dia 16: Qui, 17/nov

Passeios locais:  Termas de Rio Hondo (30 km)

 

Dia 17: Sex, 18/nov

Dia de pilotagem: Termas de Rio Hondo – Resistência (684 km)

Dia com maior trecho de pilotagem

 

Dia 18: Sab, 19/nov

Dia de pilotagem: Resistência – Foz do Iguaçu (643 km)

Retorno ao Brasil

 

Dia 19: Dom, 20/nov

Dia de pilotagem: Foz do Iguaçu – Ponta Grossa (550 km)

 

Dia 20 : Seg, 21/nov

Dia de pilotagem: Ponta Grossa – São Paulo (510 km)

  • 4 diárias em hotéis no Brasil com café da manhã
  • 15 diárias em hotéis no exterior (Argentina e Chile) com café da manhã
  • 2 jantares em Foz do Iguaçu
  • RoadBook completo
  • Suporte na documentação e durante toda a viagem
  • Van de apoio com kit de ferramentas e primeiros socorros, água e snacks
  • Permitido levar uma mala de até 25 kg por moto
  • Ida e volta em grupo
  • Guias certificados
  • Grupo limitado a 14 motos

Não estão incluídos gastos como combustível, refeições, ingressos, taxas de documentação, seguros, despesas pessoais e itens não descritos como inclusos.

Piloto + Garupa
Consulte
Piloto
Consulte
Consulte formas de parcelamento

Informações e reservas
11 5641-1818 | 11 96916-6946
[email protected]

Quer fazer esta viagem?
Escolha o dia desejado:
Investimento: R$ 0,00
Rider Expedition – Atacama
Opcionais
Locação de Moto: R$ 600,00
Fotos: R$ 300,00
Our Sponsors: